martedì, dicembre 30, 2008

IF YOU WERE ANY THINNER, YOU WOULDN'T EXIST

ONTEM, 'NO COMEÇO DO MEU DESESPERO'*, LOQUEI O OPERÁRIO. MAIS PELOS OLHOS DO CHRISTIAN BALE, MAS TAMBÉM PORQUE HAVIA LIDO, NOS IDOS DE 2000 E POUCOS, QUE ERA FILME DENSO.
.
E SEI QUE É MOROSO, MAS EU ANDAVA NUM HUMOR MEIO AZEDO**. O QUE VIESSE ERA ACRÉSCIMO.
.
ENFIM, SINTO UMA VONTADE IMENSA DE REVÊ-LO. POR TRÊS, QUATRO VEZES. LONGO QUE SEJA. A ATUAÇÃO ME CONVENCE, E HÁ SEMPRE AQUELE FASCÍNIO PELAS PERDAS EXCESSIVAS DE PESO TELEVISIONADAS.
.
NÃO PERCEBI NENHUMA PECULIARIDADE PSICOLÓGICA EM NINGUÉM. O PROTAGONISTA É PARANÓICO (O QUE É SEMPRE UM ENCANTO, NAS TRAMAS), MAS NADA MAIS PROFUNDO DO QUE ISSO. A CALL-GIRL (JENNIFER JASON-LEIGH - QUE TEM UMA BOCA HE-DI-ON-DA) SE AFEIÇOA A ELE, O COLEGA AMPUTADO É-LHE IRÔNICO, A SENHORIA, IRRITANTE. E SÓ.
.
A BELEZA DO FILME, AO MEU VER, RESIDE EM DOIS MOMENTOS:
.
1- O OLHAR QUE ELE DIRIGE À GARÇONETE, NO AEROPORTO (EU SOU CAPAZ DE ENTERRAR O DEDO NA TECLA DE RETROCESSO POR MINUTOS INTEIROS, SÓ POR ESSA CENA. SOU ABSOLUTAMENTE LOUCA PELOS OLHOS DO CHRISTIAN BALE - REPITO. E NÃO PORQUE BONITOS, OU VERDES, OU NADA. MAS PORQUE - E AQUI VAI UM DOS MAIORES CLICHÊS DO MUNDO - TÊM VIDA PRÓPRIA); E
2-A REPETIÇÃO DE 'I KNOW WHO YOU ARE', NOS ESTERTORES.
.
MAS O FINAL NÃO É TUDO ISSO.
*http://ainagaki.sites.uol.com.br/textos/coralina.htm
**NO DIA 29 DE DEZEMBRO DE 2006, SOFRI UM ACIDENTE DE CARRO. DOIS ANOS DEPOIS, A COISA AINDA ME DESCONCERTA.

4 commenti:

  1. Although from different places, but this perception is consistent, which is relatively rare point!

    RispondiElimina
  2. It seems my language skills need to be strengthened, because I totally can not read your information, but I think this is a good BLOG
    jordan shoes

    RispondiElimina
  3. Although from different places, but this perception is consistent, which is relatively rare point!
    Rope,Twine

    RispondiElimina

CI SIAMO QUATTRO. E LEGGIAMO ASSOLUTAMENTE TUTTO. DOPO TRE O QUATTRO MESI. E CINQUE O SEI BICCHIERI. DI VELENO.