lunedì, febbraio 25, 2008


Por que não me deixaste adormecida

E me indicaste o mar, com que navio

E me deixaste só, com que saída

Por que desceste ao meu porão sombrio

Com que direito me ensinaste a vida

Quando eu estava bem, morta de frio...

AINDA CHICO. AINDA NA VOZ DE BETHÂNIA. LEMBRO-ME DE TER OUVIDO ESSA MÚSICA EM IDOS DE 90. E NUNCA MAIS ME LIVREI DELA.

COMO NO CASO DO POÇO, ACREDITO QUE A GENTE TOME GOSTO PELO PORÃO SOMBRIO, E PASSE A HABITÁ-LO COM UM CONFORTO QUE EXCEDE A RESIGNAÇÃO. E QUE UM DIA ESSA PAZ ESCURA SEJA SUFICIENTE. SEM QUE NINGUÉM SE DESAGRADE COM ISSO.

1 commento:

  1. The visit was useful. Content was really very informative. From http://www.giftwithlove.com

    RispondiElimina

CI SIAMO QUATTRO. E LEGGIAMO ASSOLUTAMENTE TUTTO. DOPO TRE O QUATTRO MESI. E CINQUE O SEI BICCHIERI. DI VELENO.