martedì, gennaio 27, 2009

Montanha viva, sacra, ferida, doce e celestial

Tu t'en vas pleine d'espérance, Avec orgueil tu reviendras; Mais ceux qui vont souffrir de ton absence, Tu ne les reconnaîtras pas.
MUSSET. E JÁ TRANSCREVI ISSO, FOI (K)INDA OUTRO DIA (HÁ COISA DE PAR DE ANOS). NÃO OS RECONHECERÁS. POR QUÊ? QUE INTERPRETAÇÃO DÁ-SE A ISSO? A MINHA É SEMPRE A MAIS TRÁGICA, A MAIS AZEDA - E A MAIS BONITA.
TU NÃO OS RECONHECERÁS PORQUE ELES NÃO SERÃO MAIS OS MESMOS. SERÃO OUTROS. AQUELES, A QUEM TU ESPERAVAS, AQUELES FALTARAM. ...O QUE ME LEVA A OUTRA COISA QUE JÁ COMENTEI, PORTANTO ABSTENHO-ME DISSO. QUE ESTOU FICANDO REPETITIVA.

2 commenti:

CI SIAMO QUATTRO. E LEGGIAMO ASSOLUTAMENTE TUTTO. DOPO TRE O QUATTRO MESI. E CINQUE O SEI BICCHIERI. DI VELENO.